Mas já?!


   Eu juro que tudo o que eu tenho hoje, é bem melhor do que eu já sonhei em ter. Eu, particularmente, nunca me preocupei com o assunto homem, eles nunca foram problemas, menos ainda, solução. Eu já entendi que quando a gente se ama, a vida coloca coisas boas na nossa frente. Eu encontrei, na Luz (estação rs) ás 19 horas e tralálá, do dia 04.03.2011 um amigo, e quase que sem querer, sai namorando de lá. Tudo isso devido ao suco de limão cremoso, ne?! 

   Eu não encontrei o melhor homem do mundo, nem o namorado perfeito, mas eu encontrei alguém que sabe meus defeitos e me aguenta, me levanta e me faz realmente feliz. Amor de verdade, eu nunca esperei de ninguém, como ja disse, eu gosto de mim o bastante. E não cobro amor. Amor dado é o melhor amor. E o amor reciproco, é só pra quem tem paciência, viu?! Aceitar seus defeitos e de mais um alguém não é fácil. Mas com o amor, companheirismo, a gente cura, a gente se revitaliza todos os dias.  

    Não te prometo amor eterno e mimimi, eu só quero estar com você nos melhores dias da tua vida. Não devia te contar isso, pois você ja se acha demais, mas seu sorriso paga tudo, e ainda fica com crédito.

                  Ser feliz e fazer alguém feliz, é o melhor dos remédios. 

3 comentários:

Danilo MM disse...

Encontro é na metade, daí em diante a reciprocidade fica fácil. Não tem amor de mentira, tem os que se renovam e os que se dissipam.

Tallita Monteiro disse...

Lindo....acho que qnd nos proporcionamos alegria, invadimos qm ta por perto com a mesma.


bjss flor

António Jesus Batalha disse...

Ao passar pela net encontrei seu blog, estive a ver e ler alguma postagens
é um bom blog, daqueles que gostamos de visitar, e ficar mais um pouco.
Eu também tenho um blog, Peregrino E servo, se desejar fazer uma visita
Ficarei radiante,mas se desejar seguir, saiba que sempre retribuo seguido
também o seu blog. Deixo os meus cumprimentos e saudações.
Sou António Batalha.