Por que ir em frente?


 
Não há sentido: Melhor escapar deixando uma lembrança qualquer, 
lenço esquecido na gaveta, camisa jogada na cadeira, uma fotografia 
- qualquer coisa que depois de muito tempo 
a gente possa olhar e sorrir, mesmo sem saber por quê. 

Inventário do Ir-remediável .  pag. 113

Nenhum comentário: