tempo que ia mudar..


Quanto a nós, meio gauches, meio bandidos, dinossauros sobreviventes daquele tempo em que tudo parecia que ia mudar – não resta muito mais a fazer senão resistir. Movidos, no mínimo, pela curiosidade de onde vai dar tudo isso. E sempre se pode cantarolar baixinho aquele velho blues (Milagres) de Cazuza, que diz assim: 
“Mas que tempo mais vagabundo é esse que escolheram pra gente viver?


( OESP – Caderno 2 – 20 janeiro de 1988)

Nenhum comentário: